Decisões colegiadas marcam reunião ordinária do CM Formiga

Por que os vicentinos participam de tantas reuniões? Porque dentro da Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP) as decisões são tomadas em conjunto, sempre visando o bem dos Pobres. Por isso, mensalmente, todas as Unidades fazem encontros, quando os membros de diretoria votam questões que vão garantir a qualidade dos serviços oferecidos pela entidade.

Nesse último sábado (9) foi a vez do Conselho Metropolitano de Formiga reunir a diretoria dele. Na oportunidade, os membros acompanharam a movimentação financeira do CM e, inclusive, foram informados sobre a Assembleia de Prestação de Contas, que será realizada no próximo mês.

Dentre os assuntos abordados, os vicentinos foram informados sobre o repasse de R$6.600 para os seminaristas que são atendidos pelo Caixa Dom Belchior, um programa do Metropolitano que ajuda padres em formação de baixa renda.

Os diretores ainda votaram a favor da prorrogação do mandato do confrade José Libério Rodrigues da Costas, que ficará por mais 90 dias à frente do Conselho Central de Bom Despacho.

Aconteceram também as aprovações do Regimento Interno da Obra Unida de São Gotardo (área do Conselho Central de Luz) e da ata de eleição do Conselho Central de Bom Despacho. O presidente eleito é Rafael Elias Campos. Já o Conselho Fiscal titular será composto por José Eustáquio dos Santos, Vicente de Paulo da Silva e Rafael Pedro Vidal Júnior. Os suplentes Suplentes serão: José Cardoso de Mesquita, Ernani José Eleotério Gontijo e Secundino Ferreira Neto.

No próximo dia 4 de maio, o Conselho Metropolitano fará visita regulamentar ao Conselho Central de Abaeté.